Abertura e legalização da Rua Maravilha

0
66

Representantes da rua Maravilha, no bairro Floresta, estiveram na Câmara de Vereadores para solicitar a pavimentação asfáltica e a legalização do local, dificultadas por estar sub judice, ou seja, matéria que está pendente de julgamento. O pedido foi feito na tarde desta segunda-feira, dia 21, em reunião com o presidente do Poder Legislativo, vereador Odir Nunes.

A Rua Maravilha faz a ligação entre as ruas Santa Catarina e República do Peru. Em ação movida pelo Ministério Público, é defendida a não abertura da via. Para os representantes da região, a falta de pavimentação e a abertura total são fatores que prejudicam os moradores.

Ações simples, como retirar o lixo e chegar às casas de carro, tornam-se uma verdadeira aventura. Para Ivo Cordeiro, por se tratar de uma rua íngreme, quando chove, é quase impossível subir o morro com veículos.

A mesma visão é compartilhada pelos demais representantes da rua, Aldo Franza e João Carlos Marcelino. Para eles, o mais importante é a pavimentação asfáltica no trecho legalizado. A não abertura da rua irá prejudicar muitos moradores do bairro, que cortam caminho pelo acesso. Segundo cálculos dos representantes, 75% dos moradores já fizeram a adesão para financiar o asfaltamento.

Odir Nunes e membros da diretoria jurídica da Câmara se comprometeram em analisar o caso e verificar quais ações podem ser tomadas para legalizar a abertura da via. Será agendada uma reunião com o Secretário de Infraestrutura Urbana, Ariel Pizzolatti, para solucionar a situação.{jcomments on}