Associações questionam o ordenamento territorial

0
103

Representantes de associações de moradores, arquitetos se organizaram em um bloco e decidiram procurar os vereadores da Câmara de Joinville para questionar a forma como está sendo conduzido o Projeto de Lei Complementar nº 69/2011, sobre o Ordenamento Territorial Urbano e Rural de Joinville, de Uso e Ocupação do Solo, parte do Plano Diretor e Sustentável de Joinville. Entre eles, o arquiteto Sérgio Gollnick lembrou que a aprovação da lei de ordenamento territorial é processo delicado. “Transformar um conceito em lei é complicado. Há dúvidas ainda que devem ser sanadas, nem tudo foi explicado nas audiências públicas”, alegou Gollnick. O representante da Associação de Moradores do bairro América, Marcos Bustamante, pediu para que o debate seja aprofundado. “É preciso escutar a comunidade com mais seriedade, quem lê a lei não consegue vislumbrar o que significa fisicamente as alterações para a cidade”, argumenta Bustamente.

O arquiteto e urbanista, Arno Kumlehn, avaliou que a lei que está sendo estudada não é clara. “Quanto mais leio mais dúvidas surgem, o “jurudiquês” prejudica a compreensão. Além disso, é preciso abrir espaço para a comunidade”, avalia o arquiteto. Rosana Martins que faz parte do Conselho da Cidade explica que faltou discutir sustentabilidade. “Não foi discutido impermeabilização do solo e infraestutura básica”. Para o representante do Conselho do bairro São Marcos, esse tipo de assunto não deve ser tratado em caráter de urgência.

Outro ponto levantado pelo representante da Associação dos Moradores da Estrada da Ilha, Nelson Holz, a questão da agricultura deveria ser melhor avaliada. “Há previsão de expansão de indústria e condomínios para a Estrada da Ilha. A parte urbana se estende para todos os lados e a agricultura em Joinville vai desaparecer”, prevê Holz. Para o presidente da Comissão de Urbanismo, Lauro Kalfels, há conflito entre os próprios técnicos. “Estamos emendando a lei de ordenamento. Não podemos protelar, recuar ou aguardar, temos que ser práticos e objetivos. Todos estão preocupados em ver uma Joinville melhor”, finalizou Kalfels.

Estavam presentes na reunião os vereadores Adilson Mariano, João Rilnaldi, Osmari Fritz, Tania Eberhardt, Zilnety Nunes, Patrício Destro, Odir Nunes, Juarez Pereira, James Schroeder, Lauro Kalfels, Tucano, Dalila Rosa Leal, José Cardozinho e Jucelio Girardi.

Foto: Sabrina Seibel