Boxistas querem camelódromo legalizado

0
92

Uma comissão de boxistas do camelódromo procurou a Câmara de Vereadores de Joinville, na tarde de hoje, para reivindicar apoio da casa para que os comerciantes legalizados possam continuar trabalhando no local. Eles foram recebidos pelo presidente da casa, vereador Odir Nunes, e os vereadores Patrício Destro, Maurício Peixer e Zilneti Nunes e um integrante da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). De acordo com os boxistas, durante os 17 anos de existência do camelódromo, a associação que integra os comerciantes sempre primou pelo bom andamento do local, principalmente no que diz respeito a comercialização dos boxes.

Eles garantiram que existem 32 boxes e todos estão nas mãos de quem os recebeu e que não irão admitir negociações que permita mais de um box nas mãos de único comerciante. A proposta dos vereadores é que seja realizada uma reunião com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), Procuradoria do Município, CDL, na Comissão de Cidadania da Câmara para regulamentar as atividades no local. Maurício Peixer defende que, os bons comerciantes, que são a maioria, não sejam penalizados por causa de três ou quatro. Por isso, o vereador entende os boxistas possam trabalhar no local com uma permissão de uso e através de um ajuste de conduta, até que a prefeitura faça a licitação para uso do local. Proposta apoiada por Odir Nunes, Patrício Destro e Zilneti Nunes.Mas para que isso ocorra é importante que seja viabilizado pelos meios legais que os comerciantes se regularizem para poder expedir nota fiscal, ter CNPJ e atuem com base num código de ética que contemple regras a serem seguidas por todos. Inclusive a fiscalização no local deverá continuar sendo feita pela associação.{jcomments on}

Foto: Sabrina Seibel