19.8 C
Joinville
sexta-feira, 9 dezembro 2022
spot_img
Home Notícias Assuntos Gerais Carnaval de Joinville é tema da Tribuna Livre

Carnaval de Joinville é tema da Tribuna Livre

0
Carnaval de Joinville é tema da Tribuna Livre

A Tribuna Livre desta semana ressaltou a importância do carnaval de Joinville e a preparação para a Conferência Municipal de Saúde de 2023, a ser realizada em breve. O presidente da Liga das Escolas de Samba de Joinville (Liesj), Deyvid da Silveira, ocupou o espaço da Tribuna Livre para pedir apoio e engajamento dos vereadores no desenvolvimento das atividades do carnaval de Joinville.

O presidente da Liesj defendeu que o carnaval não seja visto apenas como festa ou desfile, mas também como um elemento fundamental na vida de suas comunidades, como gerador de emprego e renda ao longo do ano. Silveira acrescentou que, se o carnaval for realizado com planejamento e visibilidade pelo poder público, assim como já faz com eventos como a Festa das Flores, o Festival de Dança e os eventos de Natal, o município colherá importantes frutos, inclusive no âmbito financeiro.

“A gente não está aqui para medir força com essas festas e nem para tentar achar qual é a mais importante dentro do contexto da nossa cidade. A gente só quer um pouquinho mais de atenção e um pouquinho mais de engajamento com a nossa cultura de carnaval”, finalizou Silveira.

Novembro, mês da consciência negra, é também um importante marco para a comunidade negra de Joinville, que protagoniza a festa por meio do samba e também dos marcos da religiosidade de matriz africana, observou o líder da instituição.

Outra informação trazida pelo presidente da Liesj é que os sambas-enredos das escolas que vão protagonizar o desfile de Joinville (Príncipes do Samba, Fusão do Samba, GRES Diversidade e Unidos do Caldeirão) serão apresentados no próximo dia 20, às 19h, em evento a ser realizado pela Liesj na Yelo Stage. O evento faz parte da programação do Mês da Consciência Negra de Joinville.

Silveira observou que o carnaval de 2023 vai ser o primeiro após a redução dos índices da pandemia de covid-19, o que provavelmente deve mobilizar muita gente e, para evitar concorrência com os carnavais de outros municípios, como Florianópolis e São Francisco do Sul, os eventos do carnaval de Joinville serão realizados no dia 11 de fevereiro de 2023.

Realçando como pode ser essa visão de planejamento mencionada por Deyvid, a vereadora Ana Lucia martins (PT), falou no Plenário que o seu sonho “é que as nossas escolas consigam ter a estrutura que outras escolas têm e que cheguem próximo à estrutura que as escolas de Florianópolis, São Francisco do Sul e Joaçaba – que também faz um grande carnaval – têm. Esse reconhecimento da Liga me traz a esperança de que as nossas escolas possam se fortalecer e ser inclusive uma forma de trabalho o ano inteiro, de as pessoas poderem trabalhar nas suas escolas, nas suas comunidades, o ano inteiro, com renda.”

O tema também foi abordado por vários vereadores depois, o vereador Henrique Deckmann (MDB), por exemplo, observou que hoje foi um dia triste para a cultura brasileira com a perda da cantora Gal Costa, aos 77 anos. O vereador Claudio Aragão (MDB) destacou a presença de representantes das várias escolas no Plenário.

Os vereadores Érico Vinicius (Novo), Cassiano Ucker (União Brasil) e Kiko do Restaurante (PSD) também aproveitaram o tempo partidário para parabenizar a organização das instituições do samba na cidade.

Utilidade Pública

Neste mesmo dia, o Plenário aprovou, por unanimidade, em duas votações, o Projeto de Lei 177/2022, que reconhece a Liesj como instituição de utilidade pública. Isso significa que o texto já poderá ser analisado e sancionado pelo prefeito Adriano Bornschein Silva (Novo) a partir desta sexta-feira (10). Uma vez sancionado, o texto terá efeitos práticos.

O autor da proposta, o vereador Lucas Souza (PDT), explicou em Plenário que essa lei vai facilitar à Liga o desenvolvimento de atividades como convênios com secretarias municipais, o que envolve, por exemplo, o oferecimento de atividades de contraturno, com aulas de dança, percussão e canto, entre outras, em escolas na zona sul de Joinville.

Durante a tramitação nas comissões, o projeto recebeu pareceres favoráveis dos vereadores Nado (Pros) e Ana Lucia Martins (PT).

Conferência Municipal de Saúde

O segundo espaço da Tribuna Livre foi ocupado pelo Conselho Municipal de Saúde de Joinville, e o presidente do colegiado, Douglas Calheiros Machado, anunciou que a cidade já está em preparação para a Conferência Municipal de Saúde. Esse evento antecipa as conferências estadual e nacional, e tem como finalidade coletar ideias de melhorias nas políticas públicas que podem vir a ser implementadas. O evento vai ser no ano que vem, nos dias 17 e 18 de março.

O tema da conferência é “A saúde é direito de todos e dever do Estado: o SUS que temos e o SUS que queremos”. Porém, já estão em andamento as pré-conferências de saúde. O município foi dividido em quatro regiões, e vão ocorrer palestras e eventos para antecipar. O calendário dos eventos pode ser conferido em página da Prefeitura dedicada ao evento.

Tribuna Livre

Tribuna Livre é um espaço de 20 minutos no começo das sessões ordinárias das quartas-feiras, que é aberto a entidades legalmente constituídas. A cada sessão, até duas entidades podem se apresentar pelo tempo de 10 minutos cada uma. Saiba como participar.