Cartilha orientativa sobre os serviços de saúde

0
60

O usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) de Joinville poderá ter acesso a uma cartilha específica referente aos serviços de saúde ofertados no município. O objetivo é orientar os cidadãos que necessitam de cuidados médicos a procurar o atendimento no local adequado. A autora do projeto de lei nº 158/09, vereadora Zilnety Nunes, defende a distribuição do Manual Rede Saúde, uma cartilha que conterá o endereço completo de todas as unidades de saúde de Joinville e suas respectivas competências. “Vejo a necessidade da cartilha pela falta de informação da população. Muitos cidadãos não sabem onde recorrer para se tratar”, justifica Zilnety. O projeto foi debatido na comissão de Legislação, que ocorreu na tarde desta terça-feira.

Outro projeto voltado à saúde pública foi apresentado pelo vereador Lauro Kalfels. Através do projeto de lei nº 159/10,o parlamentar defende agilidade no diagnóstico e tratamento da catarata e do glaucoma. Segundo o vereador, a fila de espera para a consulta especializada em Joinville com um oftalmologista pode chegar a um ano. Após o diagnóstico, se aguarda mais um ano para que a cirurgia seja realizada. “Não podemos permitir que um cidadão espere dois anos para ser tratado. A demora agrava o quadro clínico do paciente”, argumenta Lauro. A relatora dos projetos, vereadora Tânia Eberhardt, acenou positivamente as proposições. “Os projetos têm mérito e serão analisados com critérios”, destacou.

Na próxima terça-feira, dia 16, a partir das 14 horas, os vereadores da comissão de Legislação recebem convidados da Promotur, da Procuradoria Geral do Município, da Associação dos Deficientes Físicos (Adej) e do Joinville Convention Bureau para discutirem os projetos de lei nº 164/11 e o nº 193/11.