Comissão de Saúde discutirá uma solução para a Adej

0
84

Após tomarem conhecimento das sérias dificuldades financeiras que está atravessando a Associação dos Deficientes de Joinville (Adej), durante visita a entidade feita na manhã desta quarta-feira, dia 9, os vereadores Adilson Mariano e Roberto Bisoni, da Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Joinville, convidarão representantes da Promotur, Centreventos Cau Hansen, Hospital São José e Procuradoria da prefeitura para participarem da comissão, no próximo dia 2 de março. O objetivo é agilizar o processo de concessão que permita a Adej explorar financeiramente os estacionamentos destes locais e com isso ter recursos para continuar prestando mais 800 atendimento/mês aos portadores de necessidades especiais e manter os custos de manutenção da sede da entidade.

Em um ano, a Adej já acumula um déficit financeiro que ultrapassa a R$ 60 mil. Os custos mensais da associação somam R$ 23 mil. Hoje as fontes de recursos da entidade são oriundas do estacionamento da sede da prefeitura, da Arena Joinville (de onde sai um percentual para a Fundação de Esportes, Lazer e Eventos de Joinville – Felej) e doações que somam R$ 10 mil/mês. A Adej presta atendimento de reabilitação, inclusão social, além de acompanhamento psicológico, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Fisioterapia e aulas de alfabetização, teatro e tem cadastrados 2 mil deficientes físicos.{jcomments on}