Fechamento da escola de panificação gera polêmica

0
134

O fechamento da Escola de Panificação Suiça de Joinville, que funcionava anexa a Cidadela Cultural Antarctica, ecoou até a comissão de Educação. Na reunião realizada nesta tarde, a vereadora Dalila Leal, presidente, e o vereador Adilson Mariano, acataram a solicitação do vereador Alodir de Cristo para que a comissão convide a Fundação Municipal Albano Schmidt (Fundamas) e o cônsul honorário da Suíça em Joinville, Alberto Holderegger, para discutir o assunto. O vereador Cristo justificou sua ausência devido a uma viagem pré-agrendada.

Foi deliberado que no dia 28 de abril, a partir das 15 horas, o presidente da Fundamas, Rogélio Paulino Luetke e o cônsul serão convidados para debater o fechamento da Escola de Panificação Suiça, que há dois anos está desativada. Os vereadores querem entender os reais motivos para o fechamento e colocar a Câmara à disposição para que se reative a escola.{jcomments on}