Projeto para futebol mais seguro discutido na Câmara

0
77

O projeto que disciplina a identificação de torcedores que entram na Arena Joinville voltou a ser debatido na comissão de Urbanismo. Nesta tarde, a comissão recebeu convidados da Prefeitura e do Joinville Esporte Clube (JEC) para analisarem a matéria.

De autoria do vereador Jucélio Girardi, o projeto de lei nº 02/2010, dispõe sobre a identificação dos torcedores nos estádios de futebol do município. “O projeto é um pedido antigo da comunidade. O objetivo é garantir a segurança dos torcedores e levantar o debate sobre o tema”, enfatiza Jucélio. Márcio Vogelsanger, presidente do JEC, vê com bons olhos o projeto. “A segurança é fundamental. Não queremos incidentes dentro da Arena”, destaca Márcio. Vogelsanger teme que a implementação do sistema possa gerar tumulto na entrada dos jogos. “Temos que pensar como será feito esse cadastro. O torcedor do JEC chega em cima da hora e uma demora no cadastro pode acarretar em confusão”, argumenta o presidente.

Jorge Nascimento, presidente da Fundação Municipal de Esportes (Felej), afirmou que o projeto é meritório. No entanto, acredita que o uso do sistema de identificação deve ser feita num futuro próximo. “No momento não vemos essa necessidade. A média de torcedores não ultrapassa os 10 mil torcedores”, analisa Jorge. A Felej ressalta os atuais mecanismos de segurança do estádio municipal. Segundo Jorge, estão em funcionamento na Arena 18 câmeras de segurança. Destas, duas giram em 360 graus com grande poder de aproximação. Em dia de jogos decisivos e de muita movimentação, a Arena conta com outra câmera especial da Polícia Militar, entre outras medidas, como a proibição do consumo de bebida alcoólica.

O vereador João Rinaldi, relator do projeto, sinalizou pela retirada do projeto da pauta, para que o mesmo seja adaptado e reapresentado, abrangendo outros eventos com grande circulação de pessoas. O presidente da comissão, vereador Lauro Kalfels, fez a mesma recomendação e pediu atenção ao tema. O vereador Alodir Cristo, citou a organização nos estádio de futebol da Europa, onde a identificação dos torcedores é feita através de câmeras de segurança instaladas nas entradas principais. Jucélio retirou o projeto e pretende reapresentá-lo buscando recursos junto ao Governo Federal que está desenvolvendo um mecanismo para a identificação dos torcedores nos estádios de futebol de todo o Brasil.{jcomments on}

Foto: Sabrina Seibel