Saúde discute criação e extinção de cargos no HMSJ

0
68

A decisão sobre a criação e extinção de cargos no Hospital São José foi transferida. O Projeto de Lei n° 18/2011 determina a criação do cargo de provimento efetivo de fonoaudiólogo e a extinção do cargo de técnico eletrônico no hospital. Segundo o diretor-presidente da instituição, Tomio Tomita, o cargo de fonoaudiólogo hoje é preenchido por uma profissional cedida pela Secretária Municipal de Saúde, em caráter temporário. A contratação do funcionário efetivo será feita imediatamente após a aprovação do projeto na Câmara.

Já a extinção do cargo gera uma divergência entre a direção do hospital e os técnicos que trabalham no local. A instituição contratou uma empresa terceirizada e quer a extinção dos cargos. Já os técnicos reclamam melhores condições de trabalho.

O presidente da comissão, o vereador Adilson Mariano, mostrou-se favorável à reorganização administrativa, porém, contra extinção de cargos. Como o projeto não foi votado hoje, outra data deve ser marcada para que a votação seja realizada.