Secretaria de Saúde dá explicações a comissão

0
64

A Comissão de Saúde voltou a reunir na tarde de hoje, representantes da Secretaria Municipal de Saúde, do Hospital Municipal São José e Conselhos de Saúde dos bairros Comasa e Pirabeiraba para discutir os problemas do setor nas referidas repartições. Munícipes e interessados no assunto levantaram problemas que tiveram quando precisaram usar o sistema publico de saúde. Entre eles o diretor da Associação de Moradores da Estrada Quiriri, Manoel Luiz Vicente. Ele citou o atendimento do Posto de Saúde do Rio da Prata e questionou a Secretaria de Saúde sobre a falta de médicos, a precariedade da estrutura do prédio e sobre as receitas e laudos preenchidos de forma errônea por profissionais do Hospital Regional.

A gerente de atenção básica da secretaria, Janine Guimarães justificou dizendo que o projeto de reforma do posto do Rio da Prata está em andamento e as obras devem começar no primeiro semestre do ano que vem. O diretor do São José, Tomio Tomita explicou que, 10% das cirurgias atualmente são suspensas, tanto por falta de estrutura médica e de leitos, quanto por priorização de casos mais graves. Além do que, disse Tomio que atualmente o São José não possui credenciamento junto ao Ministério da Saúde para realização de cirurgias cardíacas, apenas o Hospital Regional o que acaba aumentando a fila de espera.

A gerente da unidade de planejamento, controle, avaliação e auditoria da secretaria, Michele de Souza Andrade explicou que a secretaria tem dificuldade em manter médicos especialistas em todas as áreas de atuação, por isso as consultas acabam levando mais tempo para serem marcadas. E aconselhou as pessoas que tiveram problemas com o atendimento nas unidades de saúde a procurarem a ouvidoria da secretaria e registrem a denuncia, pois assim os casos poderão ser investigados.

A vereadora Tânia Eberhardt aconselhou a população a procurarem os conselhos de saúde de seus bairros, pois acredita que 80% dos problemas dos postos de saúde podem ser resolvidos por eles. Já o presidente da Comissão de Saúde, vereador Adilson Mariano afirmou que os conselhos só funcionarão se estiverem bem organizados. Os vereadores da comissão pediram às gerentes de saúde que enviem para a comissão os dados exatos dos postos de saúde para que possam avaliar a real situação dos postos de saúde.

Colaborou: Marcos de Oliveira
Foto: Sabrina Seibel