Solenidade marca 100 anos da Assembléia de Deus

0
129

A Câmara de Vereadores de Joinville realizou na noite de hoje, a sessão solene em homenagem aos 100 anos da igreja Assembléia de Deus no Brasil. Sem dúvidas foi um dos encontros mais concorridos do ano, tamanha a participação dos evangélicos de todos os cantos da cidade que prestigiaram o evento. A proposição foi do vereador James Schroeder, primeiro secretário da casa, que destacou a importante missão da igreja na evangelização de considerável parcela da população de Joinvile, de Santa Catarina e do Brasil. Schroeder fez um resgate histórico do surgimento da congregação no país e também em Joinville, onde são mais de 50 templos espalhados pelos mais de 30 bairros da cidade, numa verdadeira demonstração de arregimentação pela fé. James lembrou da chegada dos missionários suecos, Daniel Berg e Gunnar Vingren, em 19 de novembro de 1910, chegaram no porto de Belém do Pará, para em 18 de junho de 1911 fundar oficialmente a Assembléia de Deus. Que desde então cresceu na busca pelo bem comum.

A vereadora Zilneti Nunes, revelou-se muito orgulhosa por ter nascido fazendo parte da igreja que, através de uma mensagem simples, mas eficiente, transforma vidas porque tem a sua base na palavra de Deus e o batismo no Espírito Santo, que é a Assembléia de Deus. O vice-presidente do legislativo, vereador Osmari Fritz enalteceu a missão evangelizadora da Assembléia de Deus no Brasil e em Joinville, onde a congregação tem uma atuação marcante, também, na área social, através de suas creches, orfanatos, asilos, casas de recuperação de dependentes químicos. Na área educacional com cursos profissionalizantes e nas campanhas de auxílio aos pobres e excluídos. Os vários pastores que representam as várias áreas de atuação missionária da igreja fizeram uso da palavra para contar a trajetória, os trabalhos desenvolvidos em prol a comunidade, as lutas pela expansão da evangelização e para levantar novas capelas para disseminar a doutrina de Jesus.

Durante a solenidade os corais Harmonia Santa e da União da Mocidade da Assembléia de Deus de Joinville (Umadjo) cantaram, sob a batuta do maestro Cláudio Justino, vários hinos de louvores que emocionaram a platéia e o público presente. Na oportunidade foi feito o descerramento do quadro “Inflamados pelo Espírito”, pelo artista e autor João Batista e pelo pastor Arcelino Vitor de Mello. Receberam placas de homenagens pelo transcorrer da data e pelos inestimáveis serviços prestados à igreja os pastores José Wellington Bezerra da Costa, Arcelo Mello, Sérgio Melfior e Roberto Antônio Araújo Silva. Ao final da sessão a vereadora Zilneti Nunes fez a entrega de exemplares do livro Da Comuna aos Tempos Atuais. A História do Legislativo de Joinville para os pastores Sérgio Melfior e Arcelino Mello.{jcomments on}

Foto Sabrina Seibel