Sinsej procura presidente da Câmara e pede apoio à greve

0
63

O trancamento da pauta de votações dos projetos oriundos do executivo como forma de pressionar o prefeito a aceitar reunir-se com o Sindicato dos Servidores Públicos de Joinville (Sinsej) para dialogar e chegar a uma solução para o fim da greve em Joinville. Esta foi a reivindicação apresentada pelo presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter ao presidente da Câmara de Vereadores de Joinville, vereador Odir Nunes que, de imediato respondeu: “os projetos que destinam subvenção social às entidades assistenciais do município eu vou manter na pauta de votações, porém, os de origem do executivo não vejo problema e não colocar em votação. A não ser que algum vereador entre com requerimento para votação, e de acordo com o regimento interno teremos que votar o requerimento e seu resultado, ou não”. O comando de greve enalteceu a posição do parlamentar e se comprometeram em visitar os gabinetes dos demais vereadores da casa para fazer a mesma reivindicação.{jcomments on}

Foto: Sabrina Seibel