Câmara retoma atividades legislativas com mudanças na Mesa Diretora e definição das comissões para 2023

0
657
Todos os vereadores na primeira sessão ordinária de 2023

Os vereadores voltaram hoje às atividades legislativas, depois do recesso parlamentar em janeiro. No primeiro encontro ordinário do ano, eles definiram a composição das comissões e também reorganizaram a Mesa Diretora, depois da renúncia de Henrique Deckmann (MDB) e Lucas Souza (PDT) aos cargos de vice-presidente e segundo-secretário, respectivamente.

Não só a composição das comissões, mas presidentes e secretários de cada um dos colegiados estão definidos. Destaca-se que é no âmbito das comissões que os vereadores avaliam a legalidade e o mérito dos projetos de lei que, em última instância, são votados em plenário.

Primeira sessão ordinária de 2023Veja abaixo como ficaram as comissões para o ano de 2023.

Legislação, Justiça e Redação

Neto Petters (Novo), presidente
Henrique Deckmann (MDB), secretário
Lucas Souza (PDT)
Nado (Pros)
Sidney Sabel (União)

Urbanismo, Obras, Serviços Públicos e Meio Ambiente

Wilian Tonezi (Patriota), presidente
Nado (Pros), secretário
Adilson Girardi (MDB)
Neto Petters (Novo)
Sidney Sabel (União Brasil)

Finanças, Orçamento e Contas do Município

Lucas Souza (PDT), presidente
Alisson (Novo), secretário
Claudio Aragão (MDB)
Kiko do Restaurante (PSD)
Tânia Larson (União Brasil)

Cidadania e Direitos Humanos

Pastor Ascendino Batista (PSD), presidente
Neto Petters (Novo), secretário
Henrique Deckmann (MDB)
Cleiton Profeta (PL)
Ana Lucia (PT)

Proteção Civil e Segurança Pública

Pastor Ascendino Batista (PSD), presidente
Kiko do Restaurante (PSD), secretário
Alisson (Novo)
Claudio Aragão (MDB)
Tânia Larson (União Brasil)

Educação, Cultura, Desportos, Ciência e Tecnologia

Brandel Junior (Podemos), presidente
Alisson (Novo), secretário
Ana Lucia (PT)

Saúde, Assistência e Previdência Social

Henrique Deckmann (MDB), presidente
Brandel Junior (Podemos), secretário
Cassiano Ucker (União Brasil)

Economia, Agricultura, Indústria, Comércio e Turismo

Adilson Girardi (MDB), presidente
Tânia Larson (União Brasil), secretária
Cleiton Profeta (PL)

Conselho de Ética

Wilian Tonezi (Patriota), presidente
Neto Petters (Novo), secretário
Adilson GIrardi (MDB)
Lucas Souza (PDT)
Cassiano Ucker (União Brasil)
Sidney Sabel (União Brasil) *
Cleiton Profeta (PL) *
Pastor Ascendino Batista (PSD) *

*Suplentes

Mudanças na Mesa Diretora

Essa foi a primeira sessão com a nova Mesa Diretora, que comandará a Câmara de Vereadores de Joinville em 2023 e 2024. Diego Machado (PSDB) é o presidente. Luiz Carlos Sales (PTB) é o primeiro-secretário. Com a renúncia de Deckmann à vice-presidência, Érico Vinicius (Novo) candidatou e foi eleito, assumindo o posto durante a sessão.

Para segundo-secretário, contudo, não houve candidatura e o cargo ficará vago até o fim desta legislatura. Com a reforma do Regimento Interno, aprovada no ano passado, a partir da próxima legislatura, em 2025, a Mesa Diretora não terá mais segundo-secretário.

O presidente Diego Machado destacou a implantação do novo sistema eletrônico de votação e presença, que considerou uma inovação. A Câmara estreou o novo sistema legislativo ainda em dezembro de 2022. A busca por projetos agora está mais ampla e com outras funções.

Vereador Cleiton ProfetaSai Peixer, entra Profeta

Diego Machado ainda parabenizou Maurício Peixer (PL), que antecedeu-lhe na presência da CVJ e que licenciou-se da vereança hoje, porque a partir de amanhã legislará como deputado estadual na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, na vaga de Estêner Soratto da Silva Júnior, que pediu licença para liderar a Casa Civil do governador Jorginho Melo.

O suplente Cleiton Profeta assumiu a vaga do PL no lugar de Peixer. O novo vereador afirmou que “sua luta será pela liberdade”.

Nascido e criado na zona sul de Joinville, Profeta recebeu 994 votos nas eleições de 2020. Ele foi assessor parlamentar de Peixer nos últimos dois anos. Antes, foi lojista por onze anos e trabalhou como produtor artístico na área musical.